Peruíbe Dance Festival é sucesso no Município

A cidade de Peruíbe é uma das que mais se destacam na região e no Estado pela quantidade de escolas de dança. São 13 ao todo e não é de hoje que a cidade se notabilizou junto ao público por causa das apresentações abertas em palcos e praças nos eventos realizados durante o ano e na temporada de verão pela Prefeitura, como a “Parada de Natal”, por exemplo, a maior promoção aberta do gênero pelas ruas centrais da cidade.

Como forma de incentivar ainda mais essa vocação, a Comissão de Dança de Peruíbe, com apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, promoveu a primeira edição do  “Peruíbe Dance Festival”, um festival com a participação de mais de 500 bailarinos de 22 escolas de dança que se apresentaram em 113 coreografias.

Participaram escolas de Peruíbe, Itanhaém, Praia Grande, Cajati, Santos, Guarujá e São Paulo. Foram muitas as categorias em apresentações aplaudidas repetidamente por um público superior a 400 pessoas que vibrou o tempo todo no Ginásio da ETEC, local que foi adequadamente preparado para o evento. Destaque especial a performance da escola Pavilhão D Centro de Artes, conhecida internacionalmente, do diretor e coreografo Ricardo Scheir, que veio de São Paulo e foi muito aplaudida. Mestres da dança como Aracy de Almeida e Joca Cardoso também prestigiaram o festival com suas presenças.

O primeiro lugar na categoria juvenil “Danças Urbanas” coube ao dançarino de Peruíbe, João Felipe, do Espaço Cultural Attitude, considerado o melhor dançarino do Festival. A melhor bailarina do Festival foi Vitória Demitz, também de Peruíbe, categoria adulto inclusão (ela é portadora da síndrome da Down). Consagrada como a melhor escola de dança no 1º “Peruíbe Dance Festival” foi a Academia El Shadai, da cidade de Cajati.

Confira as fotos do ensaio: http://bit.ly/2vWOAUb