IGREJAS ANTIGAS DO LITORAL PAULISTA – UMA EXPOSIÇÃO HISTÓRICA

O litoral foi durante alguns séculos o esteio do Brasil, porta de entrada de diversas expedições que traziam e levavam produtos, costumes, cultura e religiosidade. Construir igrejas logo após a “descoberta” das novas terras era de certo modo uma maneira de delimitar fronteiras e marcar o seu poder intelectual na nova terra, que a princípio os novos conquistadores nem tinham consciência de seu real tamanho.

Havia em meados do século XVI duas formas de construção, as Taipa de Pilão e as de Pedra e Cal. Na exposição Igrejas Antigas do Litoral Paulista, o artista plástico Ângelo Gil busca retratar em técnica de aguado e nanquim essa importante demarcação não só religiosa, mas também territorial e cultural. Com essa retratação o artista convida para um passeio na história do Litoral Paulista, berço da colonização brasileira e cenário de grandes conquistas.

A mostra é uma viagem de forma geográfica, indo do sul do litoral paulista até o norte. O objetivo maior da exposição é mostrar a demarcação litorânea do estado de São Paulo por meio da fé e da arte.

A exposição foi aberta no dia 29 de março, dia em que fez 469 anos da chegada dos Jesuítas ao Brasil, terminando no dia 29 de abril. Fica na Sala de Exposição Leonardo Nunes, no Sitio Histórico e Arqueológico Ruínas do Abarebebê, de terça a domingo, das 9 às 16 horas.

#Peruíbe #Exposição #UmaCidadeDeTodos